Internacional português do Real Madrid bateu a concorrência e igualou número de troféus do rival Lionel Messi

Como era esperado, Cristiano Ronaldo conquistou esta quinta-feira a Bola de Ouro, prémio atribuído pela revista France Football e que distingue o melhor jogador de futebol do ano. Em plena Torre Eiffel, em Paris, o anúncio foi feito com Ronaldo já a segurar o prémio. E de seguida deu uma entrevista a David Ginola, apresentador, com a família, o selecionador Fernando Santos e o presidente Florentino Pérez na plateia.

“Sinto-me muito feliz. É mais um grande momento na minha carreira e um troféu que ambiciono todos os anos. Foi um ano bom em termos coletivos e individuais, onde me sagrei o melhor marcador da Liga dos Campeões. Mas obviamente que os troféus ajudam na conquista destes prémios”, referiu Ronaldo, num palanque com a mãe e o filho ao lado.

“Esta Bola de Ouro é o reconhecimento de Ronaldo como o melhor jogador do Mundo. Ele representa todos os valores que temos no clube”, referiu Florentino Pérez.

CR7, que em outubro já tinha ganho o prémio The Best da FIFA, conquistou a sua quinta Bola de Ouro, igualando o número de troféus do rival Lionel Messi. A votação foi feita por 173 jornalistas de todo o mundo que votaram em cinco futebolistas de uma lista de 30 nomeados.

A eleição de Cristiano Ronaldo já era esperada. Não só pelo número de troféus conquistados em relação à concorrência (estavam 30 jogadores nomeados), mas também pelo facto de terem surgido nas redes sociais fotografias de umas botas especiais da Nike (marca que patrocina CR7) a comemorar esta distinção.

O jogador argentino do Barcelona, de 30 anos, levou para casa este prémio em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015. Ronaldo, 33 anos, venceu as edições de 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017. Ou seja, nos últimos 10 anos nenhum outro jogador do planeta conseguiu intrometer-se nesta luta.

Na temporada 2016/17, o jogador português do Real Madrid conquistou a Liga espanhola e a Liga dos Campeões, e terminou a época como melhor marcador da Champions, com 12 golos apontados na prova.

Durante a cerimónia existiram declarações gravadas de Bölöni, técnico que o lançou no Sporting, Alex Ferguson, que o levou para o Manchester United, e do seu atual treinador, Zidane.

Como ficou a classificação:

1.Cristiano Ronaldo
2.Messi
3.Neymar
4.Gianluigi Buffon
5.Luka Modric
6.Sergio Ramos
7.Mbappé
8.N”Golo Kanté
9.Lewandowski
10.Harry Kane
11.Cavani
12.Isco
13.Luís Suárez
14.Kevin De Bruyne
15.Paulo Dybala
16.Marcelo
17.Toni Kroos
18.Griezmann
19.Eden Hazard
20.David De Gea
21.Bonucci/Aubameyang
23.Sadio Mané
24.Falcao
25.Benzema
26.Jan Oblak
27.Mats Hummels
28.Edin Dzeko
29.Mertens e Coutinho

Maiores vencedores de Bolas de Ouro:

5 Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017)
5 Lionel Messi (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015)
3 Michel Platini (1983, 1984 e 1985)
3 Johan Cruijff (1971, 1973 e 1974)
3 Marco Van Basten (1988, 1989 e 1992)
2 Franz Beckenbauer (1972 e 1976)
2 Ronaldo (1997 e 2002)
2 Di Stéfano (1957 e 1959)
2 Kevin Keegan (1978 e 1979)
2 Karl-Heinz Rummenigge (1980 e 1981)

via Milenio Stadium